Cumshots

E Melhor Do Escritório – Peguei
Neste relato, vou contar como sem querer peguei a menina mais gostosa do escritório, Luana, era a secretária do dono da empresa, tinha uns 25 anos, era loira, de cabelos bem compridos, cerca de 1,65 de altura, pesava uns 70 kilos, tinha uma bunda enorme e seios fartos, e um rosto angelical e lindo demais.
Era uma empresa média, eu trabalhava na manutenção dos computadores e telefonia, e tinha acesso a todos os setores, e sempre fui conversador, puxava papo com todos. Dificilmente ia na sala dela, pois só tinha o computador dela, e telefones na sala dela, da dona e do dono, que não usavam computadores.
Num certo dia, fui chamado pra instalar 2 computadores, um na sala de cada um dos proprietários, e na sala de reunião, deveria além do computador instalar um projetor de vídeo, e um telefone, e outra linha de telefone na salinha da Luana, como não tinha muito espaço pra passar os cabos de rede, resolvi montar um distribuidor e criar uma ilha, com hub, os 3 computadores e o sistema de telefonia, isso iria demorar uns 3 dias, pois além de tudo isso, precisaria passar o cabeamento embutido no teto de gesso pra ligar o projetor. Já no primeiro dia, comecei a conversar com ela, e me arrastar pelo chão, puxando o novo cabeamento, por debaixo do piso falso.
Abaixado, pude perceber que ela usava uma saia pouco acima do joelho e que conforme se mexia deixava a mostra sua calcinha branca, e minuscula, fiquei tarado, mais não falei nada, mas fui dando umas apimentadinhas na conversa, falando sobre relacionamenos e descobri, que ela não estava namorando.
Disse que ficava o dia inteiro presa naquela sala, de noite fazia faculdade, e de fim de semana, não tinha muito tempo pois tinha aulas de sábado, e tinha que fazer os trabalhos durante o sabado e o domingo, perguntei onde ela estudava e descobri que ficava perto de onde eu fazia faculdade, e que ela morava não muito longe de minha casa. E que na balada, a maioria dos homens que chegavam até ela, eram os bonitinhos, porém ordinários, que só iam até ela pela beleza,e que não tinham conteúdo, me confidenciou que tava meio infeliz por isso, e fui dando trela na conversa.
No meu segundo dia de trabalho naquela sala, vi que ela tinha vindo com uma saia clara e com uma micro-calcinha de rendinha, e pensei será que ela foi ingênua ou ela percebeu que ontem eu estava olhando ela por debaixo da mesa, e fiz questão de olhar, e deixar perceber meio disfarçadamente, já por volta da hora do almoço, ela também estava receptiva a meus olhares e estava facilitando as coisas, fui mexer no gesso, e ela poderia me observar pelo aquário da janela da sala de reunião, como o gesso faz muito pó, avisei meus chefes e a esposa dela saiu pois disse que era alérgica, ai falei pra ele se ele se encomodaria se eu cortasse o gesso sem camisa, pois eu usava uma camisa verde clara e o pó iria deixa-la toda suja, e não tinha me lembrado de trazer outra. Ele disse que como sua esposa havia saido por causa do pó, se a Luana secretária não se encomodasse, ele não se oporia, pois também não iria receber ninguém naquela tarde devido a reforma. Luana, me disse que ela tinha que fazer umas ligações de contatos, e que não se incomodava, subi na escada, e comecei o serviço, deveria demorar uns 15 minutos até aquele gesso cortar, eu fixar a estrutura e passar os cabos pra poder fechar o gesso, quando comecei, percebi que ela pelo reflexo do monitor me observava, e aquilo me deixou excitado, terminei, me enxuguei com papel higiênico e terminei a tarde passando os cabos pela parede e finalizando a parte das instalações, no resto da tarde aproveitei pra puxar os 2 cabos até a mesa da Luana, onde embaixo instalaria o equipamento pra distribuir o sinal da rede.
Quando estava embaixo da mesa dela, pude perceber que ela abria as pernas pra me provocar, e aquela visão daquela gata, estava me deixando de pau duro, tava com muito tesão vendo aquelas coxas lisinhas, bem torneadas, carnudas e aquela calcinha minuscula que escondia uma xoxota lisinha e carnuda, de labios pequenos lindos. Podia ver que os pelos dela ficavam ouriçados quando ela percebia que estava me deixando excitado e resolvi arriscar um convite. Falei pra ela, estou em folga essa semana, pois como esta semana são as provas substitutivas da faculdade, e tem o feriado de dia dos professores não está tendo aulas, esse trabalho de hoje me deixou muito cansado, acho que quando eu sair daqui vou passar num barzinho tomar umas cervejas, e você, vai pra faculdade? Ela disse que também tava na mesma situação, que como tinha o dia dos professores os alunos combinaram de emendar aquela semana, e que ela tava pensando em passar na faculdade só pra pegar um livro que ela iria aproveitar pra fazer uma resenha. Falei pra ela, já que eu te incomodei o dia inteiro com essa barulheira de instalar os cabos, levaria ela a faculdade, se ela quisesse poderia-mos tomar uma cervejinha e a deixaria em casa, ela ficou encabulada mais depois de insistir um pouco topou.
Fora da empresa, fui com ela até a faculdade e paramos em um bar, ela pegou o livro e sentamos numa mesa pra beber um pouco, aproveitamos pra conversar e se conhecer melhor, fui descobrindo que ela gostava de muitas coisas que eu também gostava e a achei bem interessante além de muito linda, já depois de umas 5 ou 6 cervejas, nós estava-mos um pouco alegres, e o papo foi se descontraindo, ela falou que tinha reparado que eu estava queimado de sol, e expliquei que naquele fim de semana tinha ido fazer um serviço no sitio e acabei me queimando no sol, ela disse que adorava sitio e que como eu detestava praia, e que fazia tempo que não pegava um sol, ai falei pra ela andando por baixo da sua mesa, pude perceber que você também ta morena e ela disse que ficava cerca de 1 hora todo dia andando no prédio que tinha uma área grande pra fazer exercícios pois ela adora comer doces e se não cuidar ia ganhar barriga e que homem não gosta de mulher feia, e como eu tinha percebido?
Falei pra ela que algumas vezes quando ela se mexia tinha visto sua calcinha, e que fiquei maravilhado com o corpo escultural dela, e que ela era perfeita pois além de linda era inteligente e o papo foi ficando mais intimo, ao sair do barzinho já estava-mos bem intimos e ficamos nos amassos quase 1 hora na frente da casa dela, fui tocando-a e o clima esquentando, pude sentir cada centimetro daquele corpo quente pelo tesão, nos baijamos muito dentro do carro, fui aumentando minhas caricias, e acabei tocando suas coxas, sua deliciosa bunda, seus seios, meu pau estava duro feito uma pedra, e ela percebeu, e foi cedendo as minhas caricias, tentei tocar seu sexo, toquei sobre aquela minuscula calcinha de renda e percebi que sua xoxota tava cuidadosamente depilada, lisinha, imaginei que ela tinha se depilado naquele dia, coloquei a calcinha de lado, e com os dedos pude sentir que realmente a pele estava lisinha, que ela estava molhadissima, e fui tentando colocar meus dedos dentro dela, ela recuou e pediu pra que eu não enfiasse o dedo, só tocasse sua xoxota, e que ela iria bater uma punheta pra mim, tirou meu pau pra fora, e foi me tocando de leve, foi ritmando seus movimentos e variando a frequencia, ao mesmo tempo que ela estava de quatro e podia tocar aquela xoxota extremamente molhada, lisinha e cheia de tesao, depois de alguns minutos ela se extremeceu em gozo, e me fez gozar também, limpou-se nos despedimos e ela falou que encontraria-mos amanhã no escritório.
No dia seguinte, fui pro serviço com um ar renovado, aquilo me deu uma injeção de ânimo, quando chequie na sala dela, pude ver que ela estava com uma blusa bem decotadinha, que deixava seus seios folgados, e durinhos bem a vontade, e uma saia acima do joelho, logo que cheguei vi que meus patões estavam no escritório, a cumprimentei mas não fui em direção a ela pra beijar-lhe ou algo do genero, ela de cara entendeu, conforme abaixei pra ligar o computador, ela escancarou a parna e me mostrou que estava sem calcinha, e falou baixinho, surpresa, pra você…. gostou?
-Adorei!, aquilo realmente me encheu de tesão e continuei a manhã inteira observando-a e percebi que ela ficava excitada com meus olhares, e que seus seios ficavam com os biquinhos duros marcando a blusa, no almoço a beijei e convide-a pra mais um chopp, já era sexta-feira e poderia-mos estender a noite, ela topou, terminei a instalação daquele equipamento todo já na hora de ir embora, me troquei e fomos tomar chopp ali no centro mesmo, já por volta das 10:00Hs estavamos bem alegres e resolve-mos ir a um motel, chegando lá, pude ve-la totalmente nua e descobrir que realmente ela era perfeita, fomos tomar uma ducha e lá mesmo ganhei meu primeiro boquete, ela rebolava de tesão com minhas caricias, fomos para a cama e fui chupa-la também, cai de boca naquela xoxota, que estava molhadissima de escorrer, chupei seu grelinho e quando ia colocar os dedos, ela se retesou e disse, só fiz sexo 1 vez, quando perdi minha virgindade a uns 6 meses, e doeu demais, desde lá, nunca mais tive coragem, por 2 veses ao me masturbar, tentei enfiar os dedos, mais doeu e nunca mais tentei nada.
Fui devagarzinho masturbando aquele grelinho, e deixando-a bem molhada, quando senti que ela iria gozar, fui vagarosamente colocando os dedos com ela relaxada, depois que ela gozou, a coloquei deitada na cama e fui penetrando-a com todo o cuidado, ela gritou um pouco de dor, forcei um pouco e meu pau entrou por completo, depois de algumas bombadas naquela xoxota percebi que ela sangrou um pouco, e que realmente era virgem, gozei, voltamos ao banho, onde ela lavou e disse que doeu, tanto como da primeira vez, expliquei que era normal, voltamos para a cama, tomamos uns drinks, fizemos um 69 delicioso, onde ela me chupou até eu gozar e gozou gostoso com minha lingua, ainda ganhei uma deliciosa cavalgada, ela gozava feito louca montada no meu pau, adorou ficar se rebolando enquanto eu podia massagear seus seios, disse que aquilo a fazia subir pelas paredes de tesão, naquela posição mesmo gozou, como eu ainda não tinha gozado, dei mais algumas estocadas na sua xoxota, a coloquei de 4 e continuei metendo, como ela estava muito molhada, aumentei o ritmo gozei junto com o segundo orgasmo dela naquela metida.
Nos deitamos, acariciando um ao outro, ficamos assim até o sábado de manhã, quando a deixei em casa e fui embora, ficamos juntos por mais de 1 ano, até que terminei minha faculdade e mudei de emprego, pra longe, numa outra cidade e ela ficou em são paulo, para terminar os estudos. Nos falamos algumas vezes, mais acabamos por perder o contato. Desde essa transa com a Luana, descobri que sou tarado por xoxotas lisinhas, e por mulheres fogosas.